Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
13/11/20 às 18h28 - Atualizado em 13/11/20 às 18h29

Setur discute oportunidades do setor de aviação para o turismo do DF

COMPARTILHAR

 

 

A secretária de Turismo do Distrito Federal, Vanessa Mendonça, articulou uma reunião entre o vice-presidente da Gol Argentina, Ciro Camargo; o assessor da presidência da Gol Argentina, o Comandante Alberto Farjeman, e o secretário de Economia do DF, André Clemente, para discutirem oportunidades para o setor de aviação e impulsionar a economia e o turismo do Distrito Federal. A reunião foi realizada nesta sexta-feira, (13/11) na sede da Setur-DF, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães.

 

Os empresários apresentaram a realidade da Gol durante o enfrentamento da pandemia e as propostas a serem feitas daqui pra frente, tendo Brasília como principal ponto de apoio. “Não podemos passar o tempo todo pensando em pandemia, precisamos olhar adiante. O cenário está bastante complicado, mas precisamos enxergar novas oportunidades. Queremos avançar muito nessa retomada e Brasília é um ponto principal da nossa rede de desenvolvimento por tudo o que ela representa. É a capital do país, símbolo da arquitetura, do turismo, tem história e uma posição geográfica estratégica e privilegiada no centro do país”, afirmou o Comandante Farjeman.

 

São todos esses atrativos do DF que estão contribuindo para o avanço do setor turístico durante a retomada. De acordo com Ciro Camargo, se as viagens internacionais estão em segundo plano, a boa notícia é que o brasileiro está descobrindo o seu país. “Os destinos nacionais saindo de Brasília ganharam impulso e estão aumentando nesta retomada. Para ter uma ideia, tínhamos 36 destinos em 2019 saindo de Brasília. Começamos 2020 com os 36 destinos, mas com a pandemia caímos para nove. No entanto, a partir de agosto já conseguimos alcançar 39. E se conseguirmos estabelecer esse ritmo, acreditamos que chegaremos a 75 voos diários novamente em breve. A Gol quer ser a empresa doméstica número 1 do Brasil e Brasília é fundamental para alcançarmos essa estratégia”, afirmou Camargo.

 

A secretária de Turismo, Vanessa Mendonça, comemorou a notícia e reforçou a importância de uma parceria estratégica entre a pasta e a Gol para novas possibilidades de avanço. “O tempo é de união, ação e providência. Esse diálogo hoje é muito importante para pensarmos em parcerias reais entre a Setur-DF e a empresa aérea. Divulgar nossa capital nos canais de comunicação da Gol, ampliar novas rotas, desenvolver tours turísticos personalizados para nossos visitantes ou ampliar o transporte de nossos produtos, como o artesanato, para outras cidades e até países, são sugestões de fortalecimento do turismo que podem ser articulados com a empresa em curto prazo”, sugeriu Vanessa.

 

 

 

O secretário de Economia do DF, André Clemente, ouviu as propostas e elogiou as iniciativas. “É um sistema complexo e precisamos continuar avançando. A aviação é muito importante para o desenvolvimento do país e a sistemática de benefícios estão interligadas. Além do forte impacto no âmbito turístico, a aviação está contribuindo com a economia local também com o transporte de cargas, estimulando os negócios por meio do e-commerce”, ressaltou Clemente, que se colocou a disposição no apoio a novas ações.  “O Governo está atuando em todas as direções para conter os danos causados pela pandemia. Já mudamos muito a realidade local, com medidas e ações, e estamos empenhados também com estratégias para as empresas de aviação, inclusive para contribuir na retomada da economia entre as cidades. Vamos fazer o que for preciso para avançarmos de forma segura. O setor é muito importante para a retomada e quanto mais voos temos, melhor também é o cenário de investimento”, concluiu o secretário de Economia.