Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
7/12/20 às 20h31 - Atualizado em 7/12/20 às 20h31

Setur dará suporte a novo evento de motociclistas

COMPARTILHAR

 

 

 

A secretária de Turismo, Vanessa Mendonça, recebeu uma personalidade influente no mundo das duas e três rodas. Marco Portinho, um dos fundadores do Brasília Capital Moto Week, está lançando um evento voltado ao motociclismo de passeio na capital federal, tanto para motos quanto para triciclos.

 

Previsto para ocorrer em julho do ano que vem, o que dá para se adiantar do Brasília Moto Festival (MBF) é que o evento vai tentar resgatar as raízes do movimento de motociclistas no Distrito Federal, ou seja, sem muita badalação. “Queremos uma coisa mais roots. Com artistas menos badalados que aqueles, por exemplo, que se apresentam no Brasília Capital Moto Week”, explicou Portinho.

 

Mas não pense que este novo formato de festival será realizado para um público mais modesto. Fato que está fora de cogitação, uma vez que o organizador Marco Portinho, que está à frente do novo projeto, já ganhou fama por ajudar a organizar o evento que ocorre todos os anos na Granja do Torto com a presença de mais 700 mil pessoas.

 

Então, o motivo da visita de Marco à Secretaria de Turismo (Setur) foi  convidar Vanessa Mendonça a encampar a ideia do MBF, aplicando sua experiência não só em organização de eventos desse porte, mas também no acolhimento a turistas, que virão de outros estados e países prestigiar o festival.

 

Apoio que Vanessa topou de pronto. Vamos estruturar esse novo projeto, que irá movimentar nossa cidade, envolvendo nosso trade turístico e trazendo resultados positivos para nossa cidade”, antecipou a secretária. “Nós estamos aqui nos comprometendo com Portinho a estruturar, qualificar o seu evento”, assegurou Vanessa.

 

A secretária aproveitou o encontro para apresentar a Marco o Brasília Patrimônio Mundial em Realidade Virtual, criado pela a Organização das Cidades Brasileiras Patrimônio Mundial da Humanidade (OCBPM). Após a apresentação de slides, Marco ficou encantado com a campanha. “Que ideia fantástica”, admirou-se.

 

Em seguida, se comprometeu a conclamar sua tribo para apoiar a campanha, que une financiamento coletivo ao aporte direto do Bacon Nacional de Desenvolvimento Social (BNDES).  A cada Real doado pelo brasiliense, o BNDES aporta dois reais, e com isso triplica a arrecadação. “Vou divulgar para nossa galera. Somos mais de 500 mil adeptos ao motociclismo e vamos colaborar com essa iniciativa”, afirmou.

 

Já aproveitando a estrutura de profissionais da Setur, Marco aceitou gravar um vídeo para enviar por redes sociais aos motoclubes e adeptos do motociclismo espalhados pelo Distrito Federal, em outros estados e país. Porque missão dada é missão cumprida.