Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
2/02/21 às 12h37 - Atualizado em 2/02/21 às 13h08

Rota do Cavalo recebe 2ª oficina para fomentar o turismo na região

COMPARTILHAR

Promovido pela Setur, evento faz parte de uma série de ações do GDF que envolve estruturação, qualificação e promoção do turismo rural em Sobradinho

 

Mais de 30 empreendedores participaram da 2ª Oficina da Rota do Cavalo, tradicional destino rural em Sobradinho. Promovido pela Secretaria de Turismo (Setur-DF), o evento marcou a retomada presencial das atividades do projeto Turismo Rota do Cavalo e a continuidade de uma série de ações do Governo do Distrito Federal (GDF) para a região. “Montamos um plano de trabalho que envolve estruturação, qualificação e promoção da rota criada há mais de 30 anos, mas que desde o início desta gestão, com o apoio do nosso Governador Ibaneis Rocha, estamos vivenciando um período de desenvolvimento e crescimento econômico também no turismo rural”, afirmou a secretária de Turismo do DF, Vanessa Mendonça. A oficina foi realizada no sábado (30/1).

 

Promovido pela Setur-DF, a oficina marcou a retomada presencial das atividades do projeto Turismo Rota do Cavalo e a continuidade de uma série de ações do GDF para a região | Foto: Divulgação/Setur-DF

 

O projeto avança em cada uma das etapas. Além da sinalização da rota em parceria com o Departamento de Estradas de Rodagem (DER/DF), a qualificação dos empresários locais tem como objetivo fomentar a geração de emprego, renda e a promoção do turismo local.

 

A 2ª Oficina terá quatro encontros, nos quais os participantes aprenderão como tirar uma ideia do papel, desenvolver ações para o setor e adaptar suas propriedades para receber um novo público, além de orientações sobre como estabelecer parcerias e empregar mais colaboradores.

 

Durante o clico de capacitação, cada participante será acompanhado de mentorias oferecidas pela Amplia Mundo, empresa com experiências internacionais no âmbito do turismo, que ensinará um passo a passo de como montar uma experiência única e de encantamento para o visitante. “Temos um comércio local que está crescendo muito e com essa qualificação eles se tornarão ainda mais aptos para receber o turista local e os que vêm de fora para desfrutar a região”, destacou Rafaela Massuh, presidente da Rota do Cavalo. Segundo ela, atualmente, a região tem cerca de cinco mil habitantes e os empreendimentos geram mais de dois mil empregos.

 

Empresário no ramo de cervejaria artesanal, Miguel Reis aproveitou o evento para ampliar a sua rede de contatos e ter novas ideias sobre como melhorar os negócios. “Na medida em que adquirimos mais conhecimento, podemos direcionar os nossos produtos com mais precisão aos nossos clientes e avançar. Atualmente, empregamos quatro pessoas e já estamos precisando de mais força de trabalho”, disse.

 

Promoção da Rota

Os empresários que concluírem as capacitações e forem considerados aptos terão a oportunidade de participar de um site desenvolvido especialmente para a promoção da Rota. “Essa iniciativa tem como objetivo facilitar a divulgação do trabalho aos turistas, para imprensa, dos receptivos e das agências de turismo, colaborando para a contratação dos serviços”, explicou Heron Garcia, coordenadora da Rota do Cavalo.

 

Outro processo capitaneado pela Setur-DF será um vídeo institucional mostrando os atrativos da região e destacando os empreendimentos em diversas categorias, como gastronomia rural, hospedagem, turismo de aventura, trilhas e bem-estar, entre outros que serão levantados a partir das oficinas.

 

Tradicional destino turístico rural de Sobradinho, a região tem cerca de cinco mil habitantes | Foto: Adriano Teixeira/Novacap

 

Brasília no topo dos destinos

As ações da Setur-DF vão ao encontro das atuais tendências de viagens que identificam maior busca, devido à pandemia, por destinos ao ar livre, próximos e em contato com a natureza. Quesitos que colaboraram para colocar Brasília no topo dos destinos turísticos tendência em 2021, em lista divulgada pelo Ministério do Turismo na última semana.

 

Proprietário de um clube aquático na Rota do Cavalo, Edson de Jesus comemorou o apoio do Governo para uma retomada com qualidade. “Quem está se preparando vai sair na frente. Acredito que vamos aprender muito com esse curso e precisamos desse apoio da Secretaria de Turismo, principalmente para avançarmos com mais qualificação nessa nova fase”, disse.

 

Há mais de seis anos na região, Lizie Buss, sócia do Instituto Equitare, já percebe um aumento na demanda dos seus serviços, que incluem cavalgadas e passeios por trilhas no cerrado. “No momento em que as pessoas tiveram que se isolar, elas passaram a perceber que precisamos desse contato com a natureza para termos melhor qualidade de vida. E é incrível o quanto os próprios brasilienses estão redescobrindo a sua cidade. Estamos a apenas 30 minutos do Plano Piloto e as pessoas não acreditam que estão próximas de ambientes tão preservados com tanta fauna e flora. E o apoio da Secretaria de Turismo nos ajuda a mantermos nossos serviços sempre atualizados com as últimas tendências, promovendo um melhor atendimento e conquistando o retorno dos nossos visitantes”, concluiu Lizie.