Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
23/03/21 às 15h11 - Atualizado em 23/03/21 às 15h11

I FÓRUM DO ARTESANATO NO DF TEM PAINÉIS MINISTRADOS POR ARTESÃOS

COMPARTILHAR

 Segundo dia de evento promovido pela Setur-DF contou com representantes de entidades

 

 

 

Promovido pela Secretaria de Turismo do Distrito Federal (Setur-DF), o segundo dia dos painéis do I Fórum do Artesanato do Distrito Federal, realizado on-line, seguindo todos os protocolos de segurança, destacou a voz dos artesãos na cadeia produtiva. Entre os convidados, participaram o presidente do Movimento Valorização do Artesão (MOVA), Rubens de Aguilar, Chica Rosa, Sônia Pereira e Mara Neiva dos Santos; e o presidente da Federação do Artesão do DF, Hebert Amorim, que destacou a importância da iniciativa do governo na realização do evento.

 

 

Durante sua fala, Amorim ressaltou que o artesanato também é um dos setores da economia impactados pela Covid-19. Agradeceu ao apoio da Setur-DF com a classe desde o primeiro momento da pandemia e defendeu o apoio à qualificação para os artesãos de Brasília, por meio de cursos, workshops, oficinas ou fóruns, como este promovido pela Setur-DF. Hebert falou ainda sobre a importância do marketing digital, uma demanda dos artesãos para melhorar a participação e vendas nas redes sociais. O tema também faz parte da programação do Fórum, na quinta-feira, 25/3, em um dia dedicado a capacitação on-line.  “Estamos com um apoio muito forte com o Ibaneis Rocha, com esse governo que está aí. Vamos aproveitar isso”, conclamou.

 

Dando sequência ao painel Encontro do Artesão, o segundo palestrante foi o presidente do Movimento Organizado para a Valorização do Artesão do Distrito Federal (Mova-DF), Rubens Aguilar. Ele lembrou que, em 2020, o Mova propôs a Setur-DF a criação do Fórum para ampliar as possibilidades de capacitação para o setor e agradeceu a demanda atendida. “Essa iniciativa, que hoje beneficia tantos profissionais, foi levada para a Setur-DF, que atendeu a nossa demanda. Precisamos disso: valorização, capacitação e igualdade”, afirma Aguilar.

 

Outra representante do Mova-DF convidada a compor a mesa virtual do Fórum foi Mara Neiva dos Santos. Professora, ela atua na gestão de projetos, coordenação de eventos e oficinas na área do artesanato e se denomina “artesã de raiz” porque aprendeu as técnicas de costurar e bordar aos oito anos de idade com a mãe. Moradora do Gama, ela também incentiva a realização de fóruns de discussão e troca de experiências como este realizado pela Setur-DF. “O caminho é esse: levar mesmo a experiência do artesanato para fóruns, para dentro das escolas e assim perpetuar essa tradição”, ressalta.

 

Tradição que é seguida a risca por Chica Rosa. Tecelã e filha de rendeira, a cearense vem de uma família de 13 filhos, sendo nove mulheres e quatro homens. Detalhe: somente uma não seguiu a vocação ao artesanato. Ela conta que chegou a Brasília na década de 1980 e vive dessa arte. “Estou abrindo a minha vida para demonstrar a minha satisfação em ser artesã e continuar sempre trocando experiências”, disse ela.

 

Transmitido pelo Youtube, os painéis do I Fórum do Artesanato do DF foram acompanhados por centenas de internautas. Simultaneamente, eles enviavam comentários com perguntas, agradecimentos, pedidos e até recomendações. Carla Santos foi uma das ouvintes que interagiu com ao vivo e reconheceu os avanços que a profissão teve nesta gestão.

 

Secretária de Turismo do DF, Vanessa Mendonça reforçou a importância desse diálogo entre a pasta e esses profissionais, que hoje já representam cerca de 11 mil artesãos cadastrados pela secretaria. “Desde o início do nosso trabalho, em janeiro de 2019, o nosso Governo atua de forma integrada para atender todos os artesãos do DF, oferecendo um plano de estruturação, qualificação e promoção do artesanato local, jamais visto em nenhum outro Governo. Atualmente, o DF já ocupa o 5º lugar no ranking nacional de artesãos e a nossa secretaria está sempre de portas abertas para atender todos com muito carinho, lançando sempre mão de ações que fomentam a valorização desses profissionais”, reforça a titular da pasta.

 

I Fórum do Artesanato do DF

 

Para homenagear o Dia Nacional do Artesão, 19/3, a Setur-DF  preparou uma série de ações para fortalecer o artesanato local e destacar a importância do segmento, responsável pela geração de emprego e renda de milhares de famílias no DF. De 19 a 26/3, o I Fórum do Artesanato do DF apresenta painéis virtuais com especialistas, representantes do governo federal, do GDF e entidades parceiras.

 

O encerramento da Semana do Artesão será no dia 26/3, às 17h, com o lançamento do Catálogo do Artesanato de Brasília. O acervo virtual reúne obras de 35 profissionais, e será distribuído a lojistas, embaixadas, setor hoteleiro e formadores de opinião da capital federal.