Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
12/11/20 às 14h48 - Atualizado em 12/11/20 às 17h02

Em live, secretária de Turismo do DF debate a importância do apoio ao setor de eventos

COMPARTILHAR

 

 

A secretária de Turismo do DF, Vanessa Mendonça, participou nesta quarta-feira (11/11) da live “Luz, Câmara, Ação”, do movimento “Luz aos Invisíveis”, que busca dar visibilidade e reconhecimento aos trabalhadores que estão por trás de grandes espetáculos, shows, convenções e outros anônimos da indústria criativa de eventos culturais, turísticos, sociais e corporativos, impactados pela pandemia do novo coronavírus. Por meio da interlocução da Setur, o coletivo teve suas demandas ouvidas junto ao Banco de Brasília (BRB), à Câmara Legislativa do Distrito Federal e ao Ministério do Turismo. “Representamos um grupo de empresários, profissionais e autônomos do setor de eventos. Nosso movimento nasceu no princípio da pandemia e o objetivo é promover um diálogo entre entidades e coletivos da sociedade civil para encontrarmos sugestões que possam ser viabilizadas pelo poder público. Percebemos que o Governo quer fazer algo e um debate como esse é fundamental para que ele possa planejar e executar ações de acordo com as nossas reais necessidades. Queremos uma retomada com segurança para todos, mas que também olhem para a nossa classe”, disse Jorge Luiz, integrante do núcleo Movimentos Luz aos Invisíveis.

 

Com mediação do ator e humorista brasiliense Ricardo Pipo, o bate-papo contou com a participação do presidente da Câmara Legislativa do Distrito Federal, Rafael Prudente; da secretária de Esporte, Celina Leão; e do Diretor Executivo do Banco de Brasília (BRB), Dario Oswaldo Garcia Júnior, que responderam as perguntas do público e repercutiram a importância do setor de eventos para a economia.

 

Entre os representantes da classe, participaram o presidente do Sindicato de Eventos do Distrito Federal (Sindeventos), Luiz Otávio Rocha Neves; a presidente do Brasília Convention & Visitours Bureau, Cláudia Maldonado; a  presidente do Instituto Brasileiro de Fornecedores de Eventos, Mayra de Souza e o presidente da Associação Brasileira de Empresas de Eventos Eduardo Moreira. “Sabemos que a indústria do turismo é o setor que pode recuperar a economia em um período mais curto possível. Portanto, queremos escutar como a Câmara pretende lidar com essa nova realidade e como podemos ajudar, apresentando projetos e propostas para o benefício de todos os empresários, seja ele macro ou micro”, disse Cláudia.

 

O deputado Rafael Prudente lembrou o ineditismo do momento. “Ninguém esperava passar por isso. Fizemos um investimento no início da nossa gestão e foi o que permitiu que continuássemos o trabalho remoto na Câmara Legislativa, com prontas respostas para a sociedade, mesmo em um momento difícil como esse. Votamos esse ano mais de 100 projetos por conta da pandemia, em especial para os setores mais atingidos. Conseguimos aprovar muitas ações, como o crédito emergencial para as pessoas mais carentes e o novo Programa de Incentivo à Regularização Fiscal (Refis), para ajudar o empresário a saldar as suas dívidas. Foram momentos difíceis, um ano de muito trabalho, com um percentual de projetos ainda maior que o ano passado, mas todos os projetos que o Governo encaminhou e a sociedade civil nos solicitou, temos dado celeridade e é assim que a Câmara tem trabalhado nesse momento de pandemia”, explicou o parlamentar.

 

Perguntado sobre as linhas de financiamento com recursos do Fundo Geral de Turismo (Fungetur), o Diretor Executivo do BRB, Dario Oswaldo Garcia Júnior, afirmou que a comprovação do BRB na linha de crédito foi publicada nesta quarta-feira, 12/11, no Diário Oficial da União. “É um momento histórico. Já foi autorizado e a expectativa é que teremos essa linha de recurso disponível agora em novembro”, afirmou Dario.

 

A secretária de Turismo, Vanessa Mendonça, reforçou a excelente integração da equipe do GDF na solução das demandas. “Luz aos Invisíveis, na nossa Secretaria e Governo, deixou de ser invisível há muito tempo. Quero parabenizar todos os idealizadores desse movimento pela seriedade e organização. Quando eles anunciaram que iam fazer o manifesto, eu logo chamei todos na Setur para saber de que forma, efetivamente, poderíamos atuar e tivemos muitas ideias, integrando todos do governo. A Câmara anda de mãos dadas com o GDF e ninguém está sendo deixado de lado. O BRB também está sempre nos apoiando e fico muito feliz em poder falar das nossas conquistas. Quantas coisas fizemos esse ano, mesmo em tempos de pandemia, como a Casa Cor, o Drive-In, o Rally dos Sertões, que pela primeira vez esteve em nossa capital. Estamos trabalhando muito na Secretaria de Turismo e vamos fazer muito mais para que essa retomada seja feita com responsabilidade, obedecendo os protocolos de segurança. Esse não é um trabalho apenas do Governo ou da Secretaria. É um trabalho de todos”, disse Vanessa Mendonça.